ENGLISH VERSION

Click here for English Version

Blogues Fundamentais

Resistir.Info
Mais Évora

Blogues Suspeitos

ColectivoTransgressão
In Tenui Labor
Lchaim Shedim - Consulado Negro de Zurugoa
As Sombras

Domínio Alentejano

Cronicas do Deserto
Sociedade Harmonia Eborense
Auditório Soror Mariana - SOIR/UE
Universidade de Évora
C.M.E.
Alentejanando
Alentejo Metablogue

Elektro Krak Pot

Anonymizer
Teosoft
CIA Studies
Nation States

Musik

Warp Records
Wire
Improvisos ao Sul

Úteis

Programas Mil
Teste a Segurança
Anti Software Espião
Firewall Gratuita
Anti Virus
FTP
Office legal de Borla
Usabilidade
Dicionário Online

Big Picture

Imprensa Mundial
Os Negócios da Morte
Imagens nunca vistas
The economist
Pravda
Aljazeera

Imagens

Instantes

Para-Mundo

"God, The Mechanik"

Cidadania

CGTP
Função Pública - Sul
SIESI (TYCO / EPCOS)
Jornalistas
STAL - Poder Local
Psicólogos
Federação Sindicatos Função Pública
FENPROF - Fed. Nacional Professores
Portal do Cidadão
Constituição da República
ANSOL - Assoc. Nac. para o Software Livre
The Memory Hole

Formação Civica

Diário Ateísta
Rebelion

Conflito Israel-Palestina

Haaretz
Palestine Monitor
Palestine Chronicle

Sai Sempre

Random Precision
Acuso
A Fabrica
Ponto Média
Afixe
A Naturesa do Mal
Webcedário

Blogo Diplomacia

Blog da Sabedoria
Alma Ébria
Bolotas e Mate

Do belo

Enki Bilal
World Museum of Erotic Art

Esquerda...

Forum Comunitário
Causa Nossa
Mau Tempo no Canil

Direita!

Abrupto
Voz do Deserto
Marretas
No Quinto dos Impérios

Ambiente

Energias Renováveis
Estrago da Nação

Blogus Mundi

Os Blogues
Comité Protecção Bloggers

Partidos Politicos

Bloco de Esquerda
Partido Comunista Português.
Os Verdes
Partido Socialista
Partido Social Democrata
Partido Popular

APELO PARA A HUMANIDADE
O que pensa deste blogue?
5 - Perfeito
4 - Indispensável
3 - Muito Interessante
2 - Interessante
1 - Desinteressante
Free polls from Pollhost.com


Trilhos




lunar phases
 

ZURUGOA

Zurugoa, o país irmão! Zurugoa é Alfa e Omega! Tás farto? Emigra pra Zurugoa hoje mesmo!

Nome:
Localização: Zurugoa

2/03/2005

ESTADO DA NAÇÃO: NEGRO

Zurugoa, como sempre está atenta e na figura do seu Embaixador, acompanhou com particular atenção o discurso anual de George Bush acerca do estado da união.
O que vi não me permite ficar sossegado, bem como não deveria deixar ninguém sossegado, tirando como é obvio, uma minoria de Americanos ricos.
Bush basicamente limita-se a reforçar todas as politicas anteriores, mas que agora com a maioria republicana no Congresso e no Senado Americanos ganham novo fôlego.
Uma das principais medidas já esperada e agora anunciada de forma oficial é, o desmantelamento do sistema de segurança social, convertendo os descontos dos trabalhadores Americanos em acções do mercado bolsista, que como bem sabemos é extremamente volátil, ficando assim tudo e todos absolutamente dependente das variações do mercado, o que não promete tempos fáceis para a maioria dos Americanos.
Ora como nós sabemos, a Europa e não só, tem seguido um rumo que copia o sistema Americano, pelo que se espera para breve uma tentativa de implementar o mesmo modela por cá.
Outras medidas de cariz extremamente gravoso foram anunciadas, tais como:
- A aprovação de uma emenda que defenda o casamento como valor fundamental da sociedade, ou seja, um mero eufemismo para uma emenda que na realidade pretende ilegalizar de forma definitiva o casamento homossexual;
- O reforço de medidas anti-aborto mais repressivas, restritivas e efectivas;
- A aprovação de fundos faraónicos para instituições religiosas, com a desculpa de um vago apoio à sociedade civil, de forma a livrar os jovens de gangs, drogas e do crime, roçando cada vez mais o limite entre o estado e a religião, tornando cada vez mais evidente a existência de uma religião de estado;
- Aumento dos fundos para fins militares, de forma a reforçar a supremacia militar Americana no mundo;
- Continuação mas de uma forma mais firme do conceito de guerra preventiva, avisando inclusive vários países, nomeadamente a Síria, Líbano, Irão e Coreia do Norte, que ou alinham com os EUA, e aceitam as exigências Americanas ou é melhor que se preparem para uma visita libertadora, com base em urânio empobrecido.

Tempos negros se avizinham para os que defendem a Paz, a Solidariedade e o Humanismo como valores fundamentais de vivência em sociedade.

6 Comments:

Blogger ABC Dário said...

Há que emigrar para Zurugoa. Para quando a emissão de passaportes?
Webraços

10:51 da manhã  
Blogger Bandido ORiGInAl said...

Já não é primeiro a sugerir uma possivel imigração, enquanto Embaixador vou propor esse assunto às instâncias superiores.

Abraço!

11:21 da manhã  
Blogger ARV said...

Apesar da elevação dos meus comentários, o senhor insiste em invadir o meu nobre espaço para tecer de forma absolutamente GRATUITA - e tomando a INICIATIVA -comentários despropositados, insensatos, puereis e vis como o que se segue (um dentre muitos):

«Vil cobarde! Quem cu, tem medo, mas como V. Exa já não tem cu, devido a excesso de uso indevido, afinal tem medo de quê?
De perder o emprego?
Da incoerência passada, presente e futura?
De assumir algo, para variar?»

Este, como outro comentário espanta qualquer um quando confrontado com os vitupérios hostis e esquizofrénicos de um louco no metro. Permita-me dizer que o senhor tresanda.
Postas as coisas nestes termos, creio que concordará comigo que talvez seja melhor começar a preparar o saco. Se não tiver um, já sabe o que fazer, não é?

1. Felizmente, nunca sofri de prisão de ventre, o que me deixa muito feliz, uma vez que os dejectos nunca tiveram necessidade de serem alojados no cérebro, como em outros casos, nos quais ousaria sem dificuldade taxonómica, incluir V. Exa.

2. Sr. bandido, compreendo as razões que o levam ao pânico por «eu lhes dar ideias» relativas ao nepotismo supostamente existente na administração pública (a propósito de um texto escrito pelo decente Sr. Flaounakis), mas não tem com que se preocupar porque na administração pública os medíocres não vão para a rua, portanto, ninguém lhe roubará o poleirinho... e poderá continuar a escrever textos no seu blogue.

3. Com franqueza, ó bandido... em matéria de definições, o senhor deixa muito a desejar, pois nunca consegui perceber se os seus gritos eram de dor ou de prazer. Como nunca lhe cheguei a ver a cara... Embora tal sempre me tenha intrigado.

PS: confesso que desta vez nem me dei ao trabalho de ler o que balbuciou verborreicamente.

Foi com gentileza que tentei animar o debate em torno da questão da escravatura, mas também é sem surpresa que denotei no sr. a atitude rosnenta que se seguiu.

Comprimentos ternos e apertadinhos, é o que o Reinaldo lhe deseja...

11:28 da manhã  
Blogger Bandido ORiGInAl said...

O Sr. não perde pela demora.

E faça um favor a si próprio, para de comer o que caga, faz-lhe mal.

Até breve...

11:37 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Oh, say, can you see, by the dawn's early light
What so proudly we hailed at the twilight's last gleaming?
Whose broad stripes and bright stars, through the perilous fight,
O 'er the ramparts we watched, were so gallantly streaming.
And the rockets` red glare, the bombs bursting in air,
Gave proof through the night that our flag was still there.
Oh, say, does that star-spangled banner yet wave
O'er the land of the free and the home of the brave?

On the shore dimly seen, through the mists of the deep,
Where the foe's haughty host in dread silence reposes,
What is that which the breeze, o'er the towering steep,
As it fitfully blows, half conceals, half discloses?
Now it catches the gleam of the morning's first beam,
In fully glory reflected, now shines on the stream:
'Tis the star-spangled banner: oh, long may it wave
O'er the land of the free and the home of the brave.


And where is that band who so vauntingly swore
That the havoc of war and the battle's confusion
A home and a country should leave us no more?
Their blood has vanished out their foul footstep's pollution.
No refuge could save the hireling and slave
From the terror of flight, or the gloom of the grave:
And the star-spangled banner in triumph doth wave
O'er the land of the free and the home of the brave!


Oh, thus be it ever when freemen shall stand.
Between their loved home and the war's desolation!
Blest with victory and peace, may the heaven-rescued land
Praise the Power that has made and preserved us a nation.
Then conquer we must, when our cause it is just.
And this be our motto: "In God is our trust".
And the star-spangled banner in triumph shall wave
O'er the land of the free and the home of the brave

God save your and Mr. Hall souls, red souls

1:54 da tarde  
Blogger Bandido ORiGInAl said...

Anda por aqui um palhacinho, o das pêras, que insiste em mandar umas postas des pesacada na surra, como o cobarde ignóbil que é.

Assuma-se, mostre que tem espinha dorsal, que não é um invertebrado.

Eu aturo os seus arrotos, mas ao menos assuma o que faz.

Ser cobarde é muito triste!

10:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Direitos - Script Facil - Matheus Peroni

Clique em qualquer lugar desta página com o botão direito do mouse.

Blogarama - The Blog Directory